Tweets antigos fazem Kevin Hart renunciar como apresentador do Oscar 2019

A temporada de Kevin Hart como apresentador do Oscar durou apenas algumas horas. Tweets antigos do ator vieram a tona e fizeram com que ele renunciasse ao convite de apresentador, Hart se sentiu pressionado com a polêmica e na última quinta à noite, ele emitiu esses Tweets:


“Eu fiz a escolha de renunciar de hospedar o Oscar deste ano …. isso é porque eu não quero ser uma distração em uma noite que deve ser comemorada por tantos artistas talentosos incríveis. Eu sinceramente peço desculpas à comunidade LGBT pelas minhas palavras insensíveis do meu passado.”


“Me desculpe por ter machucado as pessoas .. Estou evoluindo e quero continuar a fazer isso. Meu objetivo é unir as pessoas e não nos separar. Muito amor e apreço pela Academia. Espero que possamos nos encontrar novamente.”

Os comentários que foram desenterrados nas mídias sociais de Kevin Hart eram homofóbicos por natureza. Mas o comediante se desculpou no início do dia, dizendo que ele estava bem ciente desses comentários antigos, e mostrou que ele cresceu como pessoa, e como um artista.

Nos velhos Tweets, Kevin Hart usava linguagem homofóbica quando contra-atacava pessoas que o criticavam nas redes sociais. E não eram brincadeiras, foram declarações e respostas que passaram a usar gírias homofóbicas de maneira depreciativa.

E agora a Academia está de volta à estaca zero, procurando um anfitrião para preencher o que se tornou, nos últimos anos, um show ingrato. O que uma vez foi uma honra ilustre tornou-se um convite para os artistas serem derrubados pelos críticos por cada pequena chance que eles tenham, recebem críticas como: os apresentadores do Oscar não são engraçados, demorando muito tempo, fora de sintonia ou distraindo. Definitivamente eles não podem vencer, e é por isso que ninguém quer mais fazer isso.

A Academia já tentou comediantes (Jon Stewart, Chris Rock). Eles já experimentaram atores (Anne Hathaway e James Franco) e experientes premiados (Neil Patrick Harris). Na verdade, não tenho certeza de qual é a solução. E você?

Seja o primeiro a comentar

Please enter your comment!
Please enter your name here